Preterida

Pretérito, passado, deixado, Mais-que-perfeito recado Em sombras, sons e limões; Já foi, não é; Se foi, se dói.        Um pássaro bêbado voa entortado, E despeja desgraça num tempo passado, Cheirando a cigarro e açúcar salgado; Mal veio, já foi; Se veio, se foi.       Quão tarde, quão cedo, Um frio inesperado; Meu coração motorizado […]

Coração de Papel.

“Você me entregou um coração de papel.          Era um pequeno origami, feito a partir de uma folha de caderno pintada a lápis de cor vermelho. Alguns vincos se destacavam nas suas superfícies, como se as dobraduras houvessem sido erroneamente feitas várias vezes, antes que a forma final fosse alcançada. Chegou num […]

Cough Syrup

“If I could find a way to see this straight, I’d run away to some fortune that I should have found by now…” Era um pátio enorme. Enorme, e muito cheio. Cheio de adolescentes idiotas se amontoando às beiradas dos pseudopopulares, dando risadas forçadas pra chamar atenção ou procurando os lugares estratégicos pra ver melhor […]

Maresia

O teu perfume me cheira a maresia. Cheiro de praia, de mata, de mar… Perfume que, em ti, nunca senti, Mas que me será para sempre uma memória; O aroma, tão salgado e bucólico, De não saber entender-te; A lembrança inesgotável de talvez, De quase; Quase tão bom, Quase o melhor de uma noite cansada, […]