o som que a estrela faz

Photo by Teddy Kelley on Unsplash.       Eu comecei a escrever pra ser dona de histórias. Eu gostava de ler histórias, gostava de ouvir histórias, mas queria ser dona delas também. Comecei com histórias de princesas, nas quais a princesa se parecia comigo, porque eu queria um final feliz pra mim. Pouco tempo depois, viramos […]

Senti falta da Poesia.

Senti falta da PoesiaComo quem senteFalta de um dedo necrosando;Meio morto, meio frio,Impossível de usar, impossível de sentir,Mas sempre ali, sempre aqui.     Senti falta da PoesiaComo uma Pequena Sereia sentiuFalta da voz que negociou para ter pernas E andar em paz entre os homens(Que decisão idiota).     É complicada, essa tal de Poesia;Às vezes, parece charme, […]

Funeral

Não há lamento por quem já vai tarde, além das horas marcadas para que permanecesse aquiAinda que por você eu me permita chorar um verso, ou dois,Colocados numa estrofe bem escrita, bem completada, bem acertadaNo meio dessa sua testa suada, escorrendo dos seus hormônios e venenos,Queimada nas cinzas do meu último cigarro.    Hoje, pra […]

Ilusão

Não sei cantar Meus dedos não deslizam tão graciosa e facilmente pelas cordas De um violão bem afinado Para que elas digam por mim mais que as palavras que me saiam; Palavras ritmadas, bem rimadas, Harmoniosas, Contando uma história que eu ainda nem sei dizer Se é pra valer. Pudera eu estar tão esclarecida Que […]

Lamentação de Poetisa

Eu me desfaço em cada verso, E logo me refaço no seguinte, Mas a estrofe nunca é tão completa ou tão bela Quanto o parágrafo que construo, O parágrafo de cada dia da vida – Sou melhor na prosa que na poesia. Sou melhor na prosa que na poesia, Porque a frase contínua é vida […]

Promessa

Eu tenho promessa a cumprir, meu bem. Promessa comigo, promessa contigo. Promessa de Amor e Cuidado. Mas eu não consigo cumpri-las duas, meu bem, Já que estamos tão separados. Pois eu quero ser feliz, quero muito, Mas, acima, quero-te feliz. A tua felicidade e a tua tristeza me doem o peito em todo tempo. Pois […]

Luto

Eu não me sentarei aqui, senhor, Só porque você acha que eu deva me sentar Enquanto estou de luto, Só porque estou de preto; Pois eu não choro, senhor, não mais; repare Nesses braços nervosos, Nesses olhos ansiosos Por definirem um novo caminho a seguir. Eu não me calarei de vez, senhor, Só porque você […]