Preterida


Pretérito, passado, deixado,
Mais-que-perfeito recado
Em sombras, sons e limões;
Já foi, não é;
Se foi, se dói.
      
Um pássaro bêbado voa entortado,
E despeja desgraça num tempo passado,
Cheirando a cigarro e açúcar salgado;
Mal veio, já foi;
Se veio, se foi.
     
Quão tarde, quão cedo,
Um frio inesperado;
Meu coração motorizado desligado.
Podia, mas não;
Doente e são.
      
Sumido, chegado, malvado,
Mentido, metido, enrolado;
A Preterida fica no passado!…
Maldita, se cala;
Não diga mais nada.
      
Good bye. Bis bald. Au revoir.
      
      
    

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s